quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Ex Inferis - Demo

Vila Velha (ES) já tem tradição de gerar boas bandas de hardcore, uma delas foi o Jäzzus com o seu power violence enlouquecido. Após o fim do Jäzzus, três dos integrantes, Carlaile, Allan (Man Or Afroman?) e Thiago formam o Ex Inferis junto com Pablo na bateria, e começam a ensaiar em maio de 2005. Entre fevereiro e março de 2006 eles gravam algumas músicas, três destas foram usadas para uma demo CD-r na época, uma delas também fez parte de uma coletânea americana em CD-r, a “Ear Damage #1”. Após uma parada, mudança na formação, ficando então Carlaile(guitarra), Allan (baixo), Thiago (vocal), Lilo (guitarra - Chuck Norris e Ternura) Marco "Porreta" (bateria - MEV e Los Muertos Vivientes). Eles continuavam guardando as músicas gravadas para um possível lançamento, inclusive um split com o L'Enfer, mas como não se concretizou, lançaram em forma de uma demo em 2009. A demo tem oito músicas bem gravadas e fechando pouco mais de treze minutos de violência. Hoje eles voltaram a ser um quarteto, com a saída de Lilo.
Mesmo com três membros vindos do Jäzzus o som do Ex Inferis não lembra muito a antiga banda, eles não são tão rápidos, mas por outro lado tem músicas mais complexas, estruturadas e cheias de peso. O que é explicado pelas suas influências, que em grande parte vêm do hardcore mais old school feito pelas bandas canadenses Left For Dead, Ruination e Cursed (todas com Chris Colohan nos vocais) e do crust do Abuso Sonoro. O vocal em momentos é num estilo gritado mais power violence em outros mais urrado e as boas letras todas em português, falam sobre o sistema de trabalho, preconceito e violência contra a mulher.
O Ex Inferis continua ativo e tocará junto com os americanos do War Cry em março.


Integrantes na Demo:
Carlaile - Guitarra
Thiago - Vocal
Allan - Baixo
Pablo - Bateria

Integrantes Atuais:
Carlaile - Guitarra
Thiago - Vocal
Allan - Baixo
Porreta - Bateria

Demo

Ano: 2009 (gravado em 2006)
Duração: 13:21

01 - Intro
02 - Degrau A Menos
03 - Do Nada Ao Nada
04 - Apodrecimento Precoce
05 - Fim de Expediente do Capeta
06 - Liberdade Sonhada
07 - Prontos Para A Guerra
08 - As Vezes Eu Temo O Que Digo

Download

Fontes:
http://www.dynamiteinfo.com.br/portal/view_coluna_antiga.cfm?materia=719
http://www.karasukiller.com/entrevista_exinferis_dollp.htm


Myspace
Blog

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Ripping Headache

O Ripping Headache foi formado em fevereiro de 2007 em K-Town (Copenhagen) - Hovedstaden, na Dinamarca. Até então eles possuem uma demo tape e um 7" (2008 - Adult Crash Records) e neles mostram um ótimo hardcore inspirado nas bandas do início dos anos 80, me lembrando Die Kreuzen e Poison Idea, ou seja, um som rápido, cru e com um vocal insano.
Eles tem músicas cantadas em português como outras em dinamarquês.
Martin e Troels tocaram no D.S.U. e Dödskontrol, Jesper toca no Hjertestop e Night Fever e Jonas tocou no Sygdom e Nuclear Death Terror e hoje toca no Love Potion.
Uma boa pedida para quem gosta de Life Trap, Formaldehyde Junkies e Reprobates.

Integrantes:
Martin - Vocal
Jesper - Guitarra
Troels - Baixo
Jonas - Bateria

Demo

01 - Forbudte Ord
02 - Cannibal Uden Gary Moore
03 - Drunk And Misserable
04 - Cut The Shit
05 - Velfaerd
06 - Svaret Er
07 - Hårdt Mod Hårdt
08 - 1984
09 - Alkohol
10 - No Problemo
11 - Black Demon
12 - Lies

Download

Ripping Headache

01 - Where Did It Go
02 - Way Too Far
03 - Night Of The Motherfucker
04 - Alkohol
05 - Lies
06 - Out For Blood
07 - Kaerlighed Og Had
08 - Ignored

Download

Myspace

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Sludge Confrontations - 1984 - 1986 CD

Após o fim da lendária banda canadense Neos em 1983, Kev Smith que havia sido o baixista, junto com Jon, baterista do Jerk Ward formaram o Sludge Confrontations no verão de 1984. Eles gravaram algumas demos que fazem parte desta discografia e em 1986 a banda chega ao fim.
O som, em algumas músicas lembra bastante o explosivo e enlouquecido hardcore do Neos.
Neste mesmo ano Kev e Jon formaram a banda de thrash metal Mission Of Christ, juntamente com os outros integrantes do Jerk Ward.
Em 2007 o Jerk Ward reuniu-se novamente e Kev estava junto. Além destas, os dois ainda fazem parte do Mexican Power Authority.
O Sludge Confrontations também participa da coletânea "All Your Ears Can Hear: Underground Music in Victoria BC, 1978-1984".

01 - Vegetable Garden
02 - Nordic Racist
03 - Waiting For Godot
04 - Heresy-The Icon
05 - Slug Death
06 - Astronomy
07 - Cucumber Patch
08 - Human Table
09 - Chopping Black
10 - Moujik W-Scythe
11 - Fish Bones
12 - Nasal Surgeon
13 - Haunted Lampshade
14 - Chimney
15 - Armoured Division
16 - Los Muertos
17 - Buning Red Eyes
18 - Travelling Monk W-A Crazy Poem
19 - Gates Of Key
20 - Narzcastronaut
21 - Rotting Salmon
22 - Broken Fingers
23 - Moose Head
24 - Beautiful Vampyre
25 - Wind And Rain
26 - Frog-Eating Bat
27 - Salt Mines
28 - Towers Of Silence
29 - Dragon Prawn W-Vegetables
30 - (Ol')Black Fur-Mange
31 - Cement Ocean
32 - Dog Curry
33 - Beautiful Vampyre
34 - Travelling Monk W-A Crazy Poem
35 - Shadowy Grass
36 - Moose Head
37 - Hermit
38 - Dead
39 - Severed Cat
40 - Chimney
41 - Rainstream
42 - Salmon-Faced Beast
43 - Broken Fingers
44 - Forgotten Skull

Download

Fontes:http://velhaescolanovaescola.blogspot.com/2010/01/sludge-confrontations-1984-1986-cd.html
http://www.myspace.com/theneos
http://www.myspace.com/jerkward


sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Get Destroyed

Ben, Zach (Call The Cops) e Jay tocavam no Coughing Up Blood, banda de fastcore de Tempe, Arizona, e em meados de 2006 eles encerram as atividades, com isso surge o Get Destroyed com estes três sujeitos e mais Nik na bateria. O som segue a linha do power violence primitivo, totalmente influenciado por Infest, No Comment, Crossed Out e cia., assim como várias outras que estão sendo postadas aqui no blog. O som é poderoso, rápido, agressivo e executado com muita energia e precisão.
Eles tem uma demo (que não consegui descobrir os nomes das músicas presentes), o 7" "Get Destroyed" (2006 - 625 ThrashCore/Dangerously Small/Coughing Up Records) e o 7" "Burn Offerings" (2009 - 625 Thashcore/To Live a Lie Records/ Give Praise Records/Vulgar Records), e também tem três músicas na coletânea "Phoenix Thrash Detonation" (625 Thrashcore).

Integrantes:
Jay - Baixo
Nik - Bateria
Ben - Vocal
Zach - Guitarra

Demo
Download

Get Destroyed

01 - Brain Diseased
02 - Dirge
03 - Fine
04 - What A Mess
05 - Persist
06 - 100 Men/Forcefed Spite
07 - Spite
08 - Ankle Breaker
09 - Man
10 - Shallow

Download


Burnt Offerings

01 - Subtle Hate
02 - What Is Best
03 - Purge
04 - Clearing Reason
05 - Burnt Offerings
06 - Second Guess
07 - Trial
08 - Act Exact

Download


Myspace

Thanks to OldSchoolMike!

Fontes: Last.Fm
Imagens: http://sunold864.blogspot.com/2009/05/brain-diseased.html#comments
http://mosheisley.blogspot.com/2010/02/get-destroyed-burnt-offerings-7.html

Sonidos Rabiosos no Zine Velho Rabugento

Agora o Sonidos Rabiosos também está presente no zine Velho Rabugento, de Pernambuco. Agradeço ao velho pela divulgação do blog.

Confira o número 54 do zine aqui.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Peter Mangalore - Decay Of The Iron Man

Com Trever Fairbanks nos vocais (o mesmo cara que gravou uma demo em 1998 com o Lack Of Interest e depois saiu da banda, demo esta que não foi lançada oficialmente), o Peter Mangalore segue a mesma fórmula da velha escola do power violence californiano. A banda é mais sludge e não tão rápida quanto o Lack Of Interest mas é mais hardcore que o Man Is The Bastard. Neste álbum "Decay Of The Iron Man" são 8 músicas em 5 minutos e a última faixa "Gerwalk", fez parte da coletânea Reality part #3 (Deep Six - 1999), esta é mais rápida e lembra mais o Lack Of Interest. Destaco a "Eternal Life in Return for Obediance" que tem uns riffs de guitarra interessantes.
Este 5" foi lançado em 1998 pela Deep Six Records e limitado a 1000 cópias.
Trevor também passou pelo Scalplock.

01 - Disqualified as a Human Being
02 - Eternal Life in Return for Obedience
03 - Supplicant
04 - Moonlight Over Ghetto Prague
05 - No One is to Blame for my Death
06 - Tetralogy
07 - Isolation Tank Daydreams
08 - Gerwalk

Download

Fontes: http://www.terrorizer.com/content/discrust-we-trust-shank-peter-mangalore

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Vaccine - Demo

Banda da costa leste americana composta por Will Killingsworth (Ampere, Orchid, Failures, Laceration, Bucket Full of Teeth) no baixo, Joe Shunsky (Glue, Think I Care) na bateria, Matt Swift (Relics) na guitarra e Matt McKeown (Red Room Records) no vocal. Eles tocam um hardcore bastante agressivo e rápido me lembrando um pouco o power violence das antigas, já vi algumas pessoas classificando-os como "edge-violence", seja como for, o som é intenso, violento e esmagador como uma locomotiva desgovernada (ehehe) e com algumas breves mudanças de tempo. A demo foi gravada em 24 de maio de 2009 e o primeiro show foi em 16 de junho de 2009.
Esta demo possui cinco músicas que não passam da faixa dos 30 segundos e tem no total pouco mais de dois minutos apenas, e quando você se der por conta, a demo terminou. Portanto, o uso do repeat se faz necessário para a audição deste álbum.
A demo foi lançado em 2009 em formato 7" pela Clean Plate Records e Red Room Records e teve prensagem de 300 cópias e também em cassete, com 100 unidades.
A própria banda disponibilizou no seu blog esta demo para download.

Integrantes:
Joe Shumsky - Bateria
Matt Swift - Guitarra
Will Killingsworth - Baixo
Matt McKeown - Vocal
01 - Rat Race
02 - Ward Of The State
03 - Clear
04 - Family
05 - Murder

Download



Fontes: http://vaccinexxx.blogspot.com
http://www.discogs.com/Vaccine-Demo/release/1825381
http://icoulddietomorrow.blogspot.com/2009/06/vaccine-demo.html